Petshop  > Cães

Déxium 20 Comprimidos (Dexametasona)

20 Comprimidos de 0,454mg
R$ 21,38
à vista no depósito/transferência com 5% de desconto


Descrição
 

Fórmula:
Fórmula - Cada comprimido de 185 mg contém:

Dexametasona (acetato) .....................0,454 mg

Excipiente q.s.p. .....................................185 mg

Indicações:
Déxium* Comprimidos possui na sua formulação 0,50 mg de acetato de dexametasona, equivalente a 0,454 mg de dexametasona base, que é um análogo sintético à prednisolona, porém com atividade anti-inflamatória mais potente e efeitos metabólicos e hormonais melhorados. Em relação a atividade mineralocorticóide a dexametasona não causa retenções significativas de sódio e água. A modificação realizada na estrutura básica deste esteróide resultou numa

maior atividade anti-inflamatória e melhores efeitos metabólicos e hormonais. Estudos experimentais realizados em animais e as evidências acumuladas
demonstraram que a dexametasona exerce uma atividade anti-inflamatória superior a da prednisolona e da hidrocortisona, consequentemente a
dose do Déxium* Comprimidos é marcadamente inferior aquela da prednisona ou prednisolona, além de reduzidos efeitos secundários. Os animais sob limitada ou controlada ingestão protéica tem perda de nitrogênio quando submetidos a doses de dexametasona excessivamente altas.

INDICAÇÕES:

Déxium* Comprimidos é indicado para cães e gatos devido a sua atividade anti-inflamatória, antireumática e antialérgica. Para o tratamento de artrite
reumatóide, utilizar somente depois de serem tentadas outras medidas terapêuticas com resultados insatisfatórios. Suas principais indicações em terapia de suporte são:

• Dermatoses não específicas: como eczemas de verão, de origem sistêmica e atópicas.
• Nas condições inflamatórias de

vários tipos como nas artrites agudas.

• No tratamento das gonites.

Dosagem:
POSOLOGIA E MODO DE USAR:


A dose de Déxium* Comprimidos, como acontece com outras preparações à base de potentes corticosteróides, deve ser determinada de acordo com a severidade da afecção, tolerância e porte do animal e conforme orientação do Médico Veterinário.

Cães: Meio a 3 comprimidos por dia, numa só dose ou administrada em 2 vezes.

Gatos: Meio a um comprimido diariamente, numa só dose ou em 2 vezes.

Administrar durante 7 dias  consecutivos ou até que uma resposta terapêutica seja obtida. Quando esta for atingida, a dosagem deve ser diminuída gradativamente, numa média de 0,125 mg (um quarto de comprimido) por dia até que uma dose de manutenção seja estabelecida pelo Médico Veterinário. Se
nenhuma resposta terapêutica for notada ao final do tratamento, o diagnóstico deverá ser reavaliado.

Administração:
Via oral


Precauções:
EFEITOS COLATERAIS:


A suspensão do tratamento após o uso prolongado de corticosteróides pode provocar insuficiência dos supra-renais e exarcebação ao processo patológico que estava sendo tratado, além de depressão, anorexia, oligodipsia (redução da ingestão de água), oligúria (redução da frequência urinária), distúrbios gastrintestinais ou choque agudo. A administração em animais no último terço de gestação pode induzir o primeiro estágio do parto e pode precipitar parto prematuro
seguido de morte fetal e retenção de placenta.

CONTRAINDICAÇÕES E LIMITAÇÕES DE USO:

• Não administrar nas infecções por vírus, no estágio virêmico.

• Administrar com cuidado em animais com insuficiência cardíaca, diabete e osteoporose.

• Exceto em terapia por urgência não administrar em animais comnefrite crônica ou hipercorticalimo (Síndrome de Cushing).